Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Notícias

Rogério Fernandes Ferreira pede consensos partidários em questões fiscais

5-04-2019, in Jornal Económico

Durante o Fórum Económico do Funchal, Rogério Fernandes Ferreira referiu ainda que a decisão do Parlamento Europeu em que as medias passam a ser decididas por maioria qualificada prejudicam os países mais pequenos.

O ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais Rogério Fernandes Ferreira defendeu um consenso entre os diversos partidos em questões fundamentais em que se inclui as matérias fiscais, durante o Fórum Económico do Funchal, que se está a realizar no Teatro Municipal Baltazar Dias, organizado pelo Jornal Económico/Económico Madeira e pela Câmara Municipal do Funchal

Rogério Fernandes Ferreira, keynote speaker do Fórum Económico do Funchal, referiu que deveria existir pactos de regime relativamente a instrumentos fiscais que Portugal ainda tem, mas que esse consenso partidário ainda não foi possível.

O antigo secretário de Estado salientou ainda que a decisão do Parlamento Europeu, relativamente a decisões fiscais, passarem a ser decidida por maioria qualificada em vez de unanimidade, acrescentando que esta mudança prejudica os países mais pequenos em relação aos maiores.

“Acho que essa decisão se justifica em algumas matérias mas não em todas. Os países mais pequenos têm menos mecanismos para competir com os outros, via do seu próprio”, salientou.

Veja o artigo completo em anexo.