Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Notícias

Rogério Fernandes Ferreira defende revisão das tabelas de retenção na fonte

29-08-2017, in Dinheiro Vivo

Mais do que mexer nos escalões do IRS, o Governo deveria aliviar os contribuintes através de uma revisão das tabelas de retenção na fonte, defende o ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rogério Fernandes Ferreira. “Cada vez é maior o número de contribuintes a receber devoluções anuais de IRS.

É um escândalo, porque corresponde a um empréstimo público forçado que o Estado anda a fazer há anos com retenções na fonte mensais, mais elevadas do que o que seria necessário”, diz o fiscalista, que lembra que a medida tem, ainda, a vantagem de “não ter efeito no défice no ano seguinte”, porque os reembolso diminuem. Já Francisco Mendes da Silva, da equipa fiscal da Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados (MLGTS), considera que as mexidas nos escalões do IRS e a anunciada intenção do Governo em aumentar a progressividade deste imposto “não vai trazer nem justiça fiscal nem social”.